Skip to content

Controle de Infecção Hospitalar

28 de março de 2012

Muito chama a atenção quando vemos relatos via mídia ou tomamos conhecimento pela profissão ou atividade que exercemos de que uma nova bactéria mutante surgiu ou foi identificado em algum hospital. Lembremos que em muitos dos casos, nós profissionais de saúde somos responsáveis pelo “aparecimento” desta e quando não, responsável pela resistência deste microorganismo aos antibióticos que temos disponíveis.

Alguns conceitos e práticas devem ser melhor estudados, entendidos e estrategicamente trabalhados para que possamos sim promover o uso racional desta classe de fármacos que se não bem utilizada, podem funcionar como um “propulsor aliado” da patologia e não ao doente.

Não é a toa que a Lei nº 9431, de 6 de janeiro de 1997, e a  Portaria GM nº 2616, de 12 de maio de 1998 estão ai para respaldar e definir diretrizes para os Serviços de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH), Comissões de Infecção Hospitalares (CCIH) e Programa Nacional de Controle de Infecção Hospitalar (PCIH).

A escolha do antibióticos passará por algumas situações frequentes durante a tomada de decisão nas Instituições Hospitalares para a melhor escolha do antibiótico, sendo fundamental o envolvimento do prescritor com o médico infectologista e também com o profissional farmacêutico.

Testes diretos e indiretos, bem como fatores relacionados ao fármaco e ao paciente, não podem deixar de ser levados em consideração.

Apenas como estímulo lembremos de algo que parece simples e que tem grande impacto para um paciente quando internado em uma instituição seja por qual motivo for.

  • Terapia Empírica
  • Terapia Racional para Tratamento
  • Terapia Profilática
  • Lavagem correta das mão
  • Pefil Microbiológico Institucional
  • Acompanhamento das Taxas de Infecção

Porém não vamos limitar a atuação do SCIH, visto que ele deverá estar presente e atuante durante todo o estadiamento dos pacientes nas instituições, além é claro de sempre promover ações de prevenção para o controle e diminuição dos índices de infecção.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: