Skip to content

Guarda de Prontuários

23 de maio de 2012

Tão importante quanto o registro nos prontuários, sua guarda, transporte e integridade também são fundamentais.

O Serviço de Arquivo Médico e Estatística (SAME), muitas vezes é o responsável por estas atividades, sendo atribuida sua responsabilidade a equipe administrativa, porém esta as vezes se demosntra frágil e submissa à equipe assistencial.

É certo que o prontuário é do paciente, porém dentro da dinâmica de uma instituição muitas vezes este documento depois de ser arquivado precisa ser consultado. Quais pessoas podem ter acesso a este documento? Em quais circunstâncias ele poderá ser consultado? Como proceder se o paciente ou um familiar requerer o documento?

Muitas são as indagações no qual a Instituição deverá ter as respostas e as práticas muito bem alinhadas e seguras, inclusive no que se refere a métodos de guarda, terceirização de serviço ou mesmo guardas externas.

O que precisa ser garantido é que se fragmentado ou não, acondicionado aqui ou acolá a instituição deverá assegurar sua integridade e rastreabilidade.

From → Qualidade

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: