Skip to content

IATROGENIA MEDICAMENTOSA – Um problema ainda pouco discutido

12 de janeiro de 2013

comunicaçãoMedicamentos são recursos terapêuticos usados na prevenção ou tratamento de patologias e sintomas. A utilização desse recursos teve impacto direto na mortalidade e morbidade ligados a muitas doenças e deve ser levado em consideração os benefícios em relação aos riscos durante seu emprego.

A iatrogenia ou complicação iatrogênica, podem ser consideradas como complicações decorrentes de uma intervenção médica seja ela por conduta, procedimentos ou prescrição de medicamento induzidas por atos cirurgicos ou ações terapêuticas pouco prudente.(Lacaz C.A .,1980)

Efeitos adversos a medicamentos, seja por interações entre fármacos, reação adversa ou associada a patologia dos pacientes; são problemas que acometem uma parte dos pacientes internados e que hoje muitos profissionais custam em tratar com seriedade e senso de responsabilidade. Entendemos que a postura intervencionista das equipes médicas pode estar diretamente associada ao desencadeamento das iatrogenias, principalmente as relacionadas a medicamentos.

Idosos e pacientes com patologias combinantes, costumam ser os mais afetados devido a:

  • Alteração das funções biológicas
  • Descomprometimento dos cuidadores com as limitações condicionais da saúde do paciente
  • Combinações medicamentosas
  • Maior agrecividade dos medicamentos
  • Alteração na farmacodinâmica e farmacocinética associada ao envelhecimento e comorbidades

Devemos levar em consideração o uso irracional de medicamentos, o avanço da industria farmacêutica, o aumento e avanço de técnicas cirúrgicas, a propaganda intensiva de medicamentos e o despreparo dos profissionais dentro do ambiente hospitalar.

As cascatas iatrogênicas desencadeiam a partir da prescrição de um fármaco quando este provoca efeitos indesejáveis e antes mesmo de se analisar as causas e se propor medidas menos intervencionistas como ajuste de dose, um novo medicmaneto é prescrito, o que acaba por causar um novo efeito indesejável e outro medicamento é prescrito…e por assim por diante.

Alguns efeitos indesejáveis causados por medicamentos:

  • Constipação causada por uso de opióides e anticolinégicos
  • Delirium causado por antipsicóticos, anticolinérgicos e também por interações medicamentosas (reações extrapiramidais e sedação + hipnóticos)
  • Diarréia e retenção urinária casusados por antiarrítimicos
  • Desidratação, hipocalemia e hiponatremia causado por uso de diuréticos
  • Insuficiência renal por aminoglicosídeos
4 Comentários
  1. Márcia Gamba permalink

    Muito bem colocada a matéria! Parte das ocorrências iatrogênicas em relação a medicamentos tb estão diretamente relacionada à falta de comunicação entre médico e paciente, para saber de experiencias anteriores com a medicação, outros fatores que contra-indiquem seu uso ou se o paciente toma outros medicamentos que resultem em interação negativa com a medicação prescrita e até erro de diagnóstico. Voltamos assim à importância do diálogo entre o profissional de saúde e seu paciente e ou familiares!!

  2. Gabriela Sartori permalink

    Realmente essa é uma questão ainda pouco discutida. Imagino que um dos fatores mais fortes para o surgimento de iatrogenias seria o próprio modelo de saúde praticado atualmente: Hospitalcêntrico, que possui o médico como ator principal no cuidado a saúde.
    As discussões que tenho visto, falam bastante de uma mudança radical nesse modelo como por exemplo a descentralização do atendimento e principalmente o cuidado multidisciplinar.
    Com relação a iatrogenia relativa especificamente a prescrição e uso irracional de medicamentos, o farmacêutico torna-se uma figura importantíssima. Promovendo o uso racional, via reconciliação medicamentosa, praticipação de comitês hospitalares e promovendo educação continuada em saúde.
    Porém creio que ainda há muito que se caminhar para que o surgimento desse tipo de complicação ainda esteja dentro de uma faixa “aceitável”, além disso também acho que essas mudanças devem ocorrer desde a graduação, na cabeça dos profissionais. Isso faz com que se tenha consciência da importância da multidisciplinaridade na saúde.

  3. Sergio permalink

    Todos estudantes de medicina sao bombardeados desde o início de seu curso sobre a “fé” nos laboratórios, em curas que sao possíveis somente pela tecnologia destes laboratórios. Portanto é normal para um médico que liste uma extensa relação de medicamentos como se estivesse sobre o domínio da vida e naquela receita a solução para todos os males.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: